CURSO DE Graduação

Gestão Portuária

  • Modalidade: Tecnólogo
  • Carga Horária: 1.760 horas
  • Duração do Curso: 4 semestres
  • Turno: Noturno
  • E-mail: 0045.lucianasantos@cnec.br

PERFIL

O egresso do curso superior de tecnologia em Gestão Portuária estará apto para gerenciar operações portuárias, atividades da interface logística na cadeia de abastecimento e no comércio internacional, as demandas ambientais e legislação aduaneira e portuária.

OBJETIVO

O curso tem como objetivo formar profissionais com domínio das técnicas de supervisão das atividades desenvolvidas no ambiente portuário, tanto de forma direta (funcionários de empresas gestoras e atuantes do setor), como indireta (funcionários de empresas prestadoras de serviços administrativos, técnicos, operacionais, burocráticos, normatizadores ou logísticos operacionais). Com sólida formação em gestão, o curso também inclui conteúdos e disciplinas técnicas, regulamentações e legislações vigentes na área portuária para formar esse profissional que estará capacitado a conhecer os elementos da gestão portuária, supervisionar e executar atividades com um nível de conhecimento técnico mínimo necessário, visando aumentar a competitividade individual e/ou da empresa, através da otimização das atividades, redução de custos e fluxos operacionais e logísticos.

CRITÉRIO DE AVALIAÇÃO

Em consonância com o Regimento do IFES, o aproveitamento acadêmico é avaliado mediante acompanhamento contínuo, tendo em vista os conhecimentos adquiridos, a construção das competências e o envolvimento no processo de formação. Assim, considerando a capacidade de apreender, a busca de informações necessárias à atuação profissional e as competências na utilização da aprendizagem desenvolvida na solução de situações-problema relacionadas com o exercício da profissão, é fundamental o crescimento demonstrado pelo aluno no processo de sua formação.

A avaliação funciona como um dos instrumentos para que o professor possa identificar especificidades e necessidades de formação (função diagnóstica) e empreender o esforço necessário para realizar sua parcela de investimento no próprio desenvolvimento profissional (função somativa).

Diante o exposto, o processo de avaliação do IFES está centrado nas atividades curriculares, avaliações curriculares, avaliações parciais I e II, trabalhos em grupos, seminários, trabalhos interdisciplinares, provas interdisciplinares, estudos de caso, entre outros.

 


Matriz Curricular

PROCESSO SELETIVO 20162


Aguarde...